5 de fevereiro – Conhecendo o Desconhecido

blog-perdeu-a-mulher
Assim diz o Senhor, o seu redentor, o Santo de Israel: “Eu sou o Senhor, o seu Deus, que lhe ensina o que é melhor para você, que o dirige no caminho em que você deve ir.” Isaías 48:17
 
 
Pensando sobre este texto, e também num verso que antecede (6, para o qual convido à sua leitura) considero sempre que meu comportamento deve sempre mudar. Mudar para parecer-me mais com o Senhor Jesus.
 
O fato da morte, de onde não há volta sob hipótese alguma, da esposa do ex-presidente senhora Marisa alegrar uns ou outros me faz realmente pensar onde está o sentimento cristão. A dor da separação existe, ainda que o comportamento pessoal não tenha sido aos olhos humanos acertado. Deve haver compaixão! Orar à Deus para que ALÉM, muito além, do consolo pela separação haja genuína conversão dos familiares à Deus. Todos precisam da Salvação que somente pode ser encontrada no Senhor Jesus Cristo. Isto não implica que os crimes e desvios morais serão esquecidos, todos tem sua responsabilidade moral.
 
Esta é apenas uma faceta do comportamento. Um comportamento que por vezes pode ser visto por outros, mas o importante de fato é sentir-se dirigido por Deus e sê-lo no momento onde não há quem observa.
 
A Palavra de Deus deve estar plantada no coração, lembrada na mente (memorizada se possível) para que quando vierem as dificuldades e lutas ela seja lembrada exatamente como é. Não como uma forma de safar-se de algum mal MAS de viver de forma coerente.
 
A Bíblia tem toda orientação para vida próspera. Perceba, como atenção, que a Bíblia fala em prosperidade MAS nunca tem relação ao dinheiro ou bens. Ter dinheiro ou bens é irrelevante. Quero lembrar um encontro ocorrido com o Senhor Jesus onde Ele diz ao interlocutor para deixar tudo e O seguir. Como havia riqueza envolvida preferiu não seguir a Jesus. Nota que riqueza, mal aplicada, não significa nada.
 
Pensando sobre riqueza ou bens quanto se é desprendido dela? Ao ver uma pessoa doente precisando de remédio você ora à Deus para curá-la e só OU ora e compra-lhe o remédio. Equivale dizer ao faminto ‘Deus te abençoe’ e não lhe oferecer alimento físico.
 
A hora, tenho dito, é de mudar o conceito da própria vida QUE quando pautado na Bíblia faz absolutamente toda diferença.
 
Conheça Deus de perto, verá que tudo muda. Tudo!
 
Tenha paz! A paz de Deus em sua vida.

 

Levy Pereira – Colaborador do Bênçãos Diárias – https://www.facebook.com/levy.pereira.73

 

 

Baixe o aplicativo Benção Diária em seu smartfone/tablet ou Iphone/Ipad:
http://app.vc/bencaos_diarias